Que tipo de servo você tem sido?

vida 1Medite na importância de todos os dias rever como está a sua vida espiritual. Jesus disse para sermos vigilantes… mas é para conosco mesmo, devemos olhar para dentro de nós e enxergar como está a nossa comunhão com Deus. Existem alguns sinais que são de suma importância, como um termómetro que mede a nossa condição espiritual. Se um destes sinais está acontecendo, então você precisa tomar uma atitude urgente.

1) Quando perde o desejo de Congregar

“ Não deixemos de congregar-nos, como é de costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima “. Hebreus 10.25

Nós estamos vendo os sinais da vinda de Jesus, do fim dos tempos, e mais ainda temos que estar unidos com o obejetivo de buscar a Deus, quando a pessoa perde o desejo de busca-Lo, é um sinal de que não está bem, quando perde a vontade de chegar cedo na igreja para pegar o melhor lugar, quando não tem mais desejo de congregar, e é importante ter comunhão com os que são da mesma fé, são da luz, a luz não se dá com as trevas. As pessoas têm o seu trabalho e se envolvem com assuntos do mundo, mas fora do trabalho, você tem que medir se a sua relação é mais com as pessoas da fé ou com as pessoas do mundo, você está em comunhão com a luz ou com as trevas?

2) Quando vive na prática do pecado

“ Todo aquele que é nascido de Deus não vive na prática do pecado; pois o que permanece nele é a divina semente; ora, esse não pode viver pecando, porque é nascido de Deus “. I João 3.09

O pecado é um dos sinais do esfriamento espiritual, você peca agora, pede perdão e daqui a pouco comete o mesmo pecado e está pedindo perdão de novo, existem pessoas que pecam e outras que vivem na prática do pecado, quando você esta na Igreja e não abandona o pecado, é porque  não nasceu de Deus. Se você não consegue mudar, já fez voto e sempre cai no mesmo erro, já tentou de tudo para ser um cristão de verdade, e quando menos espera está cometendo o mesmo pecado, é porque não nasceu de Deus. O que você precisa fazer? Lutar para nascer de novo, se você ainda está preso ao pecado é porque ainda é aquela velha criatura com as mesmas vontades, por mais que o seu espírito, que é a sua mente fale para você não fazer, a sua carne faz, porque ela vive para isso. Você precisa buscar a Deus com propósitos para nascer de novo, se tornar uma nova criatura, tem que ter o desejo e buscar constante até que isso aconteça. Se entregar por inteiro nesta busca. Quando a pessoa nasce de novo, ela tem nojo do pecado e não o comete mais.

3) Quando perde as forças para orar

“ Bem-aventurados aqueles servos a quem o senhor, quando vier, os encontre vigilantes… Quer ele venha na segunda vigília, quer na terceira, bem-aventurados serão eles, se assim os achar “. Lucas 12.37,38

Quando o prazer de dobrar os joelhos e falar com Deus vai se acabando, você tem tempo para tudo, menos para orar e falar com Deus, a oração é o elo que nos liga a Deus, é onde buscamos forças, a criança quando está no ventre materno é sustentada pelo cordão umbilical, no caso do cristão, a oração é este cordão umbilical, quando não estamos vivendo na prática da oração é um sinal de que o nosso relacionamento com Deus não está muito bom.

4) Quando perde o prazer pela Palavra

“ Bem-aventurado o homem que não anda nos conselhos dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes o seu prazer está na Lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite “. Salmos 01.01,02

Ter prazer na Lei, na Palavra de Deus, não é só de ler a Bíblia, mas sim meditar, voltar os seus pensamentos para as coisas de Deus, pensar o que você pode fazer para agrada-Lo, para melhorar a sua condição espiritual diante Dele. Meditar na Palavra que foi dada na reunião e praticar.
Nós temos dois tipos de escravos… Escravos e escravos de orelhas furadas, quando se tornava escravo, servia ao seu senhor durante sete anos e depois era libertado pela Lei. De acordo com o bom tratamento do seu senhor, muitos escravos após os sete anos queriam continuar a servir o seu senhor, quando isso acontecia, os escravos eram levados as autoridades e suas orelhas eram furadas, isso significava que seriam para sempre do seu senhor, o furar da orelha era uma entrega por toda a vida, porque o seu senhor era muito bom e o escravo O servia com prazer. É isso que Deus quer de nós, que cada um O sirva com prazer, não como escravo, mas como servo que tem prazer no Seu Senhor. No meio da Igreja temos servos com orelhas normais e outros servos com orelhas furadas, ai está a diferença de servir com prazer, não servimos a Deus por um tempo e sim para sempre, por toda a nossa vida.

Por Bispo João Leite: http://www.bispojoaoleite.com/

Publicado em Sem categoria. Leave a Comment »

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: