Dr. Rogan Pillay

Foi um privilégio inesperado ser convidado para o lançamento do livro “Nada a Perder”, na África do Sul. Minha esposa e eu temos um interesse intrínseco em projetos de emancipação comunitária em nosso país, e nossa crença pessoal e valores estão alinhados com o trabalho realizado pela Igreja Universal do Reino de Deus no continente africano.

Contudo, em decorrência dos problemas enfrentados no dia a dia, esse lado solidário que tanto nutríamos foi aos poucos se ofuscando, mas com a leitura desse livro estamos avivados.

Ficamos maravilhados ao recebermos uma cópia da biografia de Edir Macedo e conjuntamente “devoramos” o livro em 48 horas. A leitura foi fascinante.

Uma das mensagens mais fortes extraídas do livro foi o relato do bispo em relação às adversidades enfrentadas em sua vida pessoal e na igreja. Sua história enaltece o fato importante que, por meio das adversidades, uma pessoa desenvolve seus valores e sua fé. Fica muito claro que o sucesso não acontece por mero acaso, talento ou dom, mas tão somente por intermédio da perseverança. Aqueles que se levantam em momentos de adversidade, com perseverança, certamente vencem; o sucesso é alcançado por meio desses infortúnios.

A segunda mensagem que aprendemos no livro é que nos momentos mais obscuros da vida, quando a pessoa tem que se pautar em seus valores espirituais, o seu propósito é revelado em meio a esses momentos de grandes desafios. Assim aconteceu em minha vida e é confirmado pela jornada de Edir Macedo documentada em “Nada a Perder”.

O livro confirma que devemos fazer pelos outros aquilo que gostaríamos que nos fizessem. Se tivéssemos que resumir a obra em uma palavra, essa seria “dar”. É dando que se recebe, e quando estamos prontos a dar, sem nos preocuparmos com o que temos dentro de nossas posses, recebemos abundantemente, e se torna impossível passarmos por necessidades.

As experiências de Edir Macedo comentadas no livro ratificam o nosso propósito de vida – sempre receberemos muito mais do que dermos ao nosso próximo, seja emocional, espiritual ou fisicamente.

Dr. Rogan Pillay, cirurgião otorrinolaringologista, e sua esposa são hindus. Ele pratica medicina no Centro Médico da Universidade e no Hospital Donald Gordon, em Johanesburgo, África do Sul.

Publicado em Sem categoria. Leave a Comment »

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: