NÃO SEJA COMO OS OUTROS

Não seja como os outros

Nasceu no seio de uma família rica, abastada, mas, pelos infortúnios da vida, pela inveja dos próprios irmãos, acabou por se tornar escravo… esta é a história de uma das figuras mais emblemáticas da Bíblia, José, filho de Jacó…

Tinha uma boa família, o seu pai era rico, mas, motivados pela inveja, um dos sentimentos mais nefastos que existe, os seus próprios irmãos atiraram-no para o interior de um buraco. E foi assim que começou a história de José, filho de Jacó, de filho querido pelo seu pai, que a tudo tinha direito, passou a escravo, uma posição equivalente a um animal na altura, vendo-se privado dos seus direitos, passando a ter apenas com um único dever: servir aos outros.

Mas, um aspeto ressalta em José, mesmo passando de senhor a escravo, ele nunca perdeu os seus valores! Ele sofreu muito, mas, mesmo assim, nunca deixou de crer em si e, especialmente, em Deus! Porém, Deus só fez a Sua parte quando José fez a dele.

Houve um episódio da sua vida em que José foi preso e, mesmo na prisão, José não era uma pessoa ‘normal’, ele não era igual aos restantes prisioneiros. Mesmo naquele local, ele mostrava a nobreza do seu carácter, pois ele servia, administrava: “O SENHOR, porém, era com José, e lhe foi benigno, e lhe deu mercê perante o carcereiro; o qual confiou às mãos de José todos os presos que estavam no cárcere; e ele fazia tudo. E nenhum cuidado tinha o carcereiro de todas as coisas que estavam nas mãos de José, porquanto o SENHOR era com ele, e tudo o que ele fazia o SENHOR prosperava.” (Gn 39.21-23)

Você pode não ter o presidente, os políticos, os advogados, os clientes, os seus familiares ou os fornecedores a seu favor, como seus aliados, você pode advogar que ninguém crê em si, mas, eu pergunto, e você? Acredita em si mesmo e em Deus? Se as respostas forem afirmativas, então, você vai conquistar! Por que motivo perguntei em primeiro lugar se você acreditava em si mesmo, simples, porque existem pessoas que não acreditam em Deus, mas que, por acreditarem em si mesmas, conquistam… porém, não chegam a estabelecer, prosperam, mas perdem, porque não foi edificado sobre a rocha. Mas, ainda existem aqueles que conquistam porque acreditam em si, mas, acima de tudo creem em Deus, por isso, todas as suas conquistas são estabelecidas e nada do que é seu é destruído ou tirado, apenas acrescentado.

José, em primeiro lugar, achou mercê diante dos olhos de Deus e só depois diante do carcereiro ou dos homens, contudo, existem pessoas que, em primeiro lugar, anseiam por fazer boa figura ou achar mercê diante do ser humano e até poderão encontrar, mas, um dia, ser-lhes-á cobrado. Mas, quem encontra mercê diante de Deus, tem o Seu favor, a Sua bênção, força e sabedoria. Não queira dever nada aos homens, queira, sim, ter o suficiente para emprestar, pois tudo o que você tiver será dado por Deus! Este foi o caminho de José, de um homem que passou por muitos obstáculos, mas nunca negou a sua fé, daí ter alcançado o sucesso incontestável!

Te vejo na IURD, ou nas Nuvens!

Bispo Julio Freitas – bispojulio.com

Publicado em Sem categoria. Leave a Comment »

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: